Skip to content

Pinscher Miniatura: saúde, cuidados, temperamento

Pinscher Miniatura

O cão da raça Pinscher Miniatura é um pequeno canino com muita personalidade. Este cachorrinho trota como se fosse o dono do quarteirão, pula em ação a qualquer momento e parece nunca se cansar. Os Pinschers Miniatura são uma das raças de cães mais destemidas e encantadoras que existem.

Com origens misteriosas, este cachorro de brinquedo relativamente “novo” não foi registrado no American Kennel Club (AKC) até 1925. Agora que o Pinscher Miniatura veio para ficar, aqui está o que você precisa saber sobre esses cães fiéis.

História do Pinscher Miniatura

Esta raça de cão alemão provavelmente tem várias centenas de anos, mas os especialistas só podem rastrear o Pinscher Miniatura 200 anos atrás com certeza. Até o início do século 20, esses cães eram em sua maioria desconhecidos fora da Alemanha e da Escandinávia.

Eles geralmente caçavam ou assustavam ratos e outras pequenas criaturas das casas de suas famílias. Embora suas origens sejam obscuras, acredita-se que o Pinscher Miniatura seja uma mistura das raças de cães Dachsund, Greyhound Italiano e Doberman Pinscher.

O primeiro padrão da raça Pinscher Miniatura foi escrito em 1895 depois que criadores alemães formaram o Pincher Klub. Na virada do século, a Primeira Guerra Mundial causou um aumento na popularidade do cão, levando a um maior esforço para preservá-lo.

Aproximadamente 25 anos depois que o primeiro padrão da raça foi escrito, ele surgiu em solo americano pela primeira vez em 1919. Dez anos depois, o Miniature Pinscher Club of America foi estabelecido e a raça floresceu desde então.

Características do Pinscher Miniatura

Embora suas raízes não possam ser rastreadas há mais de algumas centenas de anos, acredita-se que o Pinscher Miniatura seja um cruzamento das raças de cães Dachshund e Greyhound Italiano, provavelmente com algum Pinscher alemão em sua linhagem também.

Essa mistura faz com que eles se pareçam com uma versão menor do Doberman Pinscher, mas eles são, na verdade, duas raças distintas. 

Sua mandíbula distinta e orelhas altas fazem com que o Pinscher Miniatura tenha as características e proporções de uma raça grande no corpo de um cão pequeno, o que só contribui para suas atitudes espirituosas características.

Tamanho do Pinscher Miniatura

A raça Pinscher Miniatura se enquadra no grupo de “brinquedos”, que inclui cães como o japonês Chin e o Cavalier King Charles Spaniel. 

Os Pinschers miniatura machos e fêmeas geralmente crescem até uma altura de 25 a 30 cm e um peso de 3,5 a 4,5 kg. A expectativa média de vida é de 12 a 16 anos, o que é considerado longo para caninos (normalmente, os cães atingem a idade de 10 a 13 anos).

Personalidade da raça

O cão dessa raça pode ser do tamanho de um cachorro de colo, mas não é tão adequado para uma vida sedentária como as raças de cães Bichon Frise ou Bruxelas Griffon. 

O Pinscher Miniatura era comumente criado para caçar vermes e ratos e agir como um cão de guarda, resultando nos traços inquietos, alertas e ferozes que vemos em suas personalidades hoje.

Sua tendência ao extermínio de vermes e ratos torna o Pinscher Miniatura uma raça curiosa, e eles frequentemente procuram por pontos fracos nas redondezas.

Mas só porque ele é um cachorro excitável, não significa que eles sejam distantes. Esses instintos de cão de guarda ainda estão dentro deles, então eles latem ou rosnam um pouco mais do que você gostaria quando novos convidados chegam.

Uma raça amorosa e corajosa, o Pinscher Miniatura também é um pouco orgulhoso. Como animal de estimação, eles defendem sua casa e demonstram imenso carinho por suas famílias, mas também podem ser combativos com outros cães ou perseguir pequenos animais.

Sua personalidade curiosa e independente torna esta raça uma criadora de problemas em potencial, e muitos donos se preocupam com a convivência deste cão com crianças.

Se você não pode fornecer a supervisão que esta raça requer, especialmente quando filhote, então talvez você precisa pensar em uma outra raça, que tenha menor necessidade de supervisão, como o Manchester Terrier ou Staffordshire Bull Terrier.

Necessidade de exercício

Seu animal de estimação precisa de cerca de uma hora de exercício todos os dias. Uma boa caminhada ou talvez uma ida ao parque será a saída perfeita para o alto nível de energia que esta raça requer.

Lembre-se sempre de que o exercício mental também é importante! Os quebra-cabeças para cães e outros brinquedos são uma ótima maneira de estimular a mente do seu amiguinho.

O Pinscher Miniatura se adapta bem a um apartamento, mas de vez em quando é uma boa ideia encontrar uma grande área cercada onde ele possa correr e satisfazer sua curiosa natureza. 

Apenas tome cuidado para que ele, pelo seu pequeno tamanho, não tente escapar por um descuido e traga problemas e preocupações. Caso ele tente algumas vezes escapar, considere consultar um especialista em comportamento canino ou em oferecer adestramento.

Pinscher Miniatura

Treinamento do Pinscher

O treinamento do cão é uma excelente fonte de exercício, reforço de obediência e uma experiência de união maravilhosa para você e seu animal de estimação. 

Tente aperfeiçoar o frisbee ou buscar habilidades de seu Pinscher Miniatura em um parque ou (se você tiver espaço) construir uma pista de obstáculos improvisada para atravessá-los.

Se o seu cão ainda é um filhote, o cabo de guerra é uma ótima maneira de ensinar o equilíbrio entre diversão e obediência. A ideia é que ele seja capaz de liberar o objeto assim que você comandá-lo.

Se o seu Pinscher Miniatura se adapta especialmente bem ao treinamento, considere as exposições de cães. Essa é uma ótima maneira do seu amigo de quatro patas socializar, gastar energia, ficar em forma e aproveitar os holofotes (como os Pinschers em miniatura adoram fazer). 

Ter um objetivo para o qual treinar, também é uma maneira eficaz de garantir que você cumpra uma programação diária de exercícios.

Os Pinschers Miniatura geralmente não competem em eventos como lançamento de disco ou agilidade, onde raças como o Border Collie reinam supremas, embora algumas exposições de cães permitam que um Pinscher Miniatura entre nesses eventos. 

Problemas de saúde do Pinscher Miniatura

O Pinscher Miniatura é geralmente um cão em forma, mas certas condições de saúde podem afetá-lo. Vamos dar uma olhada em alguns problemas potenciais, bem como em como você pode prevenir, tratar ou ajudar seu animal de estimação, caso surja algum problema.

Doença De Legg-Calve-Perthes

Esta doença resulta na deterioração do fêmur do seu Pinscher Miniatura e afeta muitas raças de cães de pequenas. Um cão com doença de Legg-Calve-Perthes não está recebendo sangue suficiente nas articulações do quadril, então a área onde a perna traseira se conecta à pélvis começa a se desintegrar.

Os sintomas incluem claudicação, e os Pinschers em miniatura geralmente mostram sinais da doença quando são filhotes (4 a 6 meses de idade). Legg-Calve-Perthes é uma condição congênita que criadores de cães responsáveis ​​examinam seus estoques, embora a cirurgia possa corrigir o problema se o seu Min Pin nascer com a doença.

Câncer

Um certo tipo de câncer de pele conhecido como tumor de mastócitos se desenvolve com mais frequência na raça Pinscher Miniatura do que em outros cães. Um veterinário pode remover cirurgicamente esses tumores, mas podem ser difíceis de detectar.

Ao escovar seu cão, é sempre uma boa idéia verificar se há inchaços ou lesões na pele. Se você encontrar algo fora do comum, consulte um veterinário para fazer o teste. Idealmente, o tumor deve ser removido antes que a saúde do seu cão seja seriamente afetada, portanto, a detecção precoce é crucial.

Problemas Digestivos

Quando se trata do trato gastrointestinal, a saúde do cão é semelhante à nossa. Reações alérgicas, mudanças na dieta e exercícios desempenham um papel importante na maneira como nós e nossos animais de estimação digerimos os alimentos. 

Determine se seu animal de estimação tem alguma alergia, consultando seu criador, abrigo de resgate, casa anterior ou um veterinário. Se você notar uma mudança na saúde do seu cão após introduzir um novo alimento, ou se encontrar sangue nas fezes, a dieta do seu animal pode ser a causa.

Obesidade

Nós nos preocupamos tanto com nossos cães que muitas vezes pode ser tentador alimentá-los sempre que eles pedirem. 

Se você ceder muito aos impulsos de seu Pinscher, eles podem começar a ter problemas. A obesidade é um problema comum para raças pequenas e pode levar a problemas nas articulações, distúrbios metabólicos, dores nas costas e doenças cardíacas.

Dê ao seu cão ração apropriada para seu tamanho e necessidades nutricionais e siga um esquema de alimentação baseado no peso. 

Da próxima vez que aqueles dois grandes olhos de cachorrinho vierem buscar sua comida, lembre-se de que você está mostrando a seu cachorro que você se importa, poupando-os de problemas digestivos no futuro!

Principais cuidados com um Pinscher Miniatura

O cuidado adequado do cão começa com uma dieta saudável e exercícios. Lembre-se de que a saúde não deve ser apenas física. Seu cachorro também precisará de socialização saudável.

Se você encontrar seu amigo peludo mostrando  sinais de depressão (retraído, inativo, mudança drástica na dieta), ele pode não estar interagindo o suficiente com os outros.

O treinamento do cão pode ajudar na obediência e diminuir o lado conflituoso do seu Pinscher Miniatura. Esta raça adora se divertir, mas eles devem ser ensinados o que é diversão “apropriada” desde tenra idade. 

Comportamentos de intimidação ou timidez extrema podem impedir seu animal de se relacionar com outros cães e deteriorar sua saúde mental.

Nutrição e alimentação para Pinscher Miniatura

Os Pinschers em miniatura precisam de boa comida para alimentar seu hipercomportamento, mas com o que você deve alimentá-los? 

Certas raças têm necessidades dietéticas especiais com base na idade ou tamanho. O tamanho da ração que você dá a um canino adulto pode não ser adequado para um filhote.

Além disso, os nutrientes necessários para a saúde de um cão grande podem apenas fazer com que uma raça pequeno ganhe peso. 

Devido ao tamanho desta raça, tente encontrar uma ração densa em calorias que venha em pedaços pequenos. Os cães pequenos perdem calor corporal mais rápido do que as raças grandes, portanto, precisam de mais calorias (em relação ao seu tamanho) para compensar a energia perdida.

Os Pinschers miniatura que ainda estão crescendo precisam de 30 gramas de ração seca por quilo de peso corporal, dividido entre 3-4 refeições. Os adultos devem receber cerca de 15 gramas de ração seca por quilo, dividida em duas refeições. 

Como mencionamos anteriormente, os cães pequenos podem estar sujeitos à obesidade. Cuide de seu animal de estimação não apenas alimentando-o bem, mas também exercitando-o diariamente.

Cor da pelagem e aparência

Se você estava procurando raças fáceis de cuidar, o Pinscher Miniatura é uma boa escolha. Com uma pelagem lisa que é fácil de cuidar, de cor preto e castanho, ou chocolate e castanho. 

Veja se consegue encontrar uma pequena escova de borracha para cães para escovar o pelo, pois isso manterá a saúde do peêlo e da pele. 

A cada poucos dias, escove o pelo do seu Pinscher Miniatura e lave-o. Em vez de um banho, use uma toalha molhada para limpar qualquer sujeira e fuligem. 

Você pode umedecer o pano com um pouco de shampoo para cães para ajudar na limpeza. A lavagem excessiva pode ressecar a pele do seu cachorro, portanto, muito cuidado com os excessos.

Escove os dentes pelo menos 2 a 3 vezes por semana, ou mesmo diariamente, para controlar o acúmulo de tártaro. Corte as unhas de um Pinscher em Miniatura 1 ou 2 vezes por mês ou sempre que você começar a ouvi-las arranhar no chão.

Verifique também se ele tem inchaços, erupções cutâneas ou inflamação. Isso pode indicar infecção ou outros problemas de saúde, portanto, se você encontrar algo que não deveria estar lá, entre em contato com um veterinário.

E então, o que achou da raça Pinscher Miniatura? Já que está no blog, você pode gostar também do artigo: Tamanhos do Pinscher: 0, 1, 2 e miniatura (Entenda as diferenças)