Conheça os principais tipos de alergia em cachorro

0
(0)

A alergia em cachorro é uma das maiores responsáveis pelas visitas dos nossos amigos de 4 patas aos veterinários. A condição possui uma grande variedade de agentes causadores e afeta todas as raças de caninos. Em alguns casos, quando não tratada, pode ser fatal.

Neste artigo, você vai conhecer algumas das principais causas e sintomas, além de dicas para tratamento das alergias. Boa leitura!

Entenda o que é alergia

A alergia nada mais é do que uma reação do sistema imunológico do cachorro quando este entra em contato com alguma substância que o mesmo seja alérgico ou que “irrite” o seu organismo.

Estas substâncias são conhecidas como alérgenos. Alimentos (rações, leite, etc), pulgas, produtos de limpeza, fumaça de cigarro, poeira, perfumes e muitos outros fatores podem ser agentes causadores de alergia em cachorro.

Tipos de alergia em cachorro

Os principais tipos de alergia em cachorro são:

  • Dermatite Alérgica por Picadas de Ectoparasitas (DAPE) – um dos tipos mais comuns de alergia. São normalmente causadas por sarnas, infecções bacterianas e picadas de pulgas, ocasionando problemas de pele no animal, queda de pêlo e coceira excessiva;
  • Dermatite Atópica – originada por uma falha na barreira protetora da pele do cachorro, causando ressecamento excessivo da pele, o que facilita a entrada de fungos, ácaros, poeira, pólen e outros. Esse tipo de alergia é hereditária e incurável;
  • Hipersensibilidade Alimentar –  aqui, o animal poderá ser alérgico a algum tipo de alimento que ao ser ingerido ativa o sistema imunológico do cão, causando as reações. Os alimentos mais comuns que podem causar alergias são: carnes bovinas e de frango, leite e derivados, soja, milho e conservantes;

Causas da alergia em cachorro

As causas da alergia em cachorro são várias. Nos casos de predisposição genética da raça, recomenda-se que o animal não cruze, para evitar que a condição não se espalhe.

Listamos abaixo algumas das causas mais comuns de alergia:

  • picadas de pulga;
  • plantas e grama;
  • substâncias presentes na composição da ração;
  • perfumes de humanos com aroma muito forte;
  • produtos de limpeza e higienização de humanos;
  • pílulas hormonais —  utilizadas para evitar o cio em fêmeas;

Algumas das raças com maior predisposição a desenvolverem alguns tipos de alergia são: poodle, shih tzu, buldogue inglês e francês, pug, pastor alemão, dálmata e outros. Caso pretenda comprar algum cão dessas raças, pergunte ao proprietário se os pais possuem alguma alergia.

Sintomas mais comuns da alergia em cachorro

Mesmo sendo causadas de diversas formas, as alergias possuem alguns sintomas comuns que normalmente estão presentes nos quadros alérgicos. 

Cachorro com alergia
Cachorro coçando. Daumyra Patrys. Flickr

Portanto, se o seu animal apresentar alguns dos sintomas abaixo, recomendamos que seja ao veterinário.

  • coceira excessiva;
  • queda de pelos em grande volume;
  • vermelhidão na pele;
  • feridas;
  • sangramento na pele;
  • descamação e ressecamento da pele;
  • secreção nos olhos;

Tratamento indicado para alergia em cachorro

A primeira coisa que você deve fazer caso o seu cão esteja apresentando algum dos sintomas acima ou comportamento estranho, é levá-lo para uma consulta com o(a) veterinário(a). O profissional irá realizar alguns testes e exames que irão auxiliar na identificação da causa da alergia e indicará o tratamento adequado.

Em alguns casos, um shampoo especial ou ração específica podem bastar para controlar a condição. Já em outros, podem ser receitados antialérgicos, antibióticos e antiinflamatórios, a depender do que está afetando o seu companheiro.

Os tutores devem ficar bastante atentos a esses sintomas pois os mesmos são comuns à outras doenças e condições, como por exemplo, otite, sarna canina, ansiedade, tristeza, entre outros.

Conclusão

Agora que você conhece os principais tipos, sintomas e causas da alergia em cachorro, fique atento(a) e caso identifique algum dos sintomas, dirija-se ao médico veterinário para um diagnóstico correto e garanta a saúde e bem-estar do seu companheiro.

O que você achou do artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe esta postagem:
0Shares

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.