Skip to content

Larvas na ração do seu cachorro? Saiba o que fazer!

larvas na ração

Não faz muito tempo, encontrei larvas na ração do meu cachorro. Isso mesmo! Foi uma surpresa super desagradável que exigiu atitudes imediatas.

Pensando em dividir essa experiência com outros donos para que eles evitem passar por isso, criei este artigo com todas as informações necessárias.

A intenção é informar você sobre os tipos de insetos que é possível encontrar nas rações e, claro, como evitar que isso aconteça e o que fazer quando já aconteceu.

Espero que este texto ajude você a deixar seu dog longe dessas pragas! Se você achar que as informações desse artigo são úteis, não deixe de compartilhar com outras pessoas!

Os insetos comem comida de cachorro?

Sim, os insetos comem comida de cachorro. A ração que você compra para seu cão contém muitos nutrientes, vitaminas, carboidratos e proteínas que atraem uma série de pragas como besouros, gorgulhos e moscas interessadas nesses nutrientes.

A maioria dos insetos comerá e depositará ovos nas rações para cães – sejam elas secas ou úmidas -, portanto, é extremamente importante que você armazene os alimentos de maneira adequada.

Ainda neste artigo vamos dar dicas de como fazer isso, pois esta é a única maneira de protegê-los dessas pragas.

Por que encontramos larvas na ração do cachorro?

Os insetos procuram as proteínas, açúcares e outros nutrientes presentes na ração seca e processada para cães.

Pense nisso:

Se você deixasse cookies fora durante a noite, isso não atrairia insetos? E se fosse biscoitos? Ou doces? Todos esses são alimentos são “secos” e são carregados de carboidratos e outros nutrientes essenciais. 

A ração para cachorro não é exceção. Para os insetos, não há diferença se a comida é para humanos ou se é de cachorro. O que eles desejam – e buscam – são os nutrientes presentes nesses alimentos.

Encontramos larvas na ração do cachorro quando ela é exposta a insetos e isso pode acontecer com qualquer pessoa, acredite.

Quais são os insetos podem “invadir” a ração do cachorro?

Existem muitos insetos diferentes que comem ração de cachorro, dependendo das espécies nativas de sua área.

As pragas comuns incluem besouros, larvas, moscas, gorgulhos e formigas. Você pode ver vários insetos que mudam com a estação e as temperaturas.

As pragas mais comuns que você encontrará na ração do seu cachorro são besouros copra, mariposas da despensa, besouros de farmácia, formigas, gorgulhos de grãos, gorgulhos da farinha, larvas e outras pragas voadoras.

Vamos falar especialmente sobre as larvas na ração do cachorro. Mas, vammos mostrar também outros insetos e o que fazer quando encontrar ele no alimento do seu dog.

Larvas na ração

As larvas presentes na ração de cães vem da presença de mariposas. É possível que essas mariposas – que também podem ser moscas – venham já com o produto ou não.

Os tipos mais comuns encontrados em rações para cães são o gorgulho dos grãos (dente de serra) ou o gorgulho da farinha. 

Ambos comem alimentos processados ​​secos e a comida de cachorro geralmente é rica em vitaminas e nutrientes, por isso não é surpresa que estejam todos consumidos (literalmente!).

Você já abriu um saco de ração e encontrou larvas ou restos de casulos espalhados pelas bordas da embalagem? Entre em contato com o fabricante, pois é obrigação deles trocar o saco.

Na verdade, mesmo que você abra e somente um tempo depois perceba a presença de larvas na ração – ou outros insetos – ainda assim geralmente o fabricante faz a troca. Comigo aconteceu examente desse jeito.

O que causa larvas na ração do cachorro?

As larvas podem vir de mariposas ou moscas. O gorgulho dente-de-serra e o gorgulho da farinha são a forma larval e são pragas semelhantes a vermes.

Eles também tecem fios semelhantes a teias que podem ser encontrados em toda a comida. Eles podem comer facilmente alimentos de sua cozinha, como arroz, grãos, macarrão, aveia e outros grãos secos.

Existem mais de 60.000 tipos diferentes e alguns são mais “semelhantes a vermes” do que outros. Mas a maioria das rações para cães definitivamente não é segura contra gorgulhos, especialmente dependendo de como a ração é armazenada.

No caso da comida dos nossos cães, pode ser que o pacote já venha com larvas e outros insetos. Mas, muitas vezes a culpa é do próprio dono, ou melhor, do mal armazenamento do pacote de ração.

Como armazenar corretamente a ração?

Depois do que aconteceu comigo – encontrar larvas na ração do meu pug – fiquei esperta e passei a ter mais cuidado. O fabricante trocou o produto, mas é possível que tenha sido descuido meu também.

Por isso, passei ter mais cuidado com a forma e onde colocava o saco de ração. De acordo com o veterinário Rodrigo Bazolli, responsável técnico pelas rações da Adimax, empresa fabricante das rações Magnus, a ração deve ser armazenada em local seco, não úmido, ventilado e não quente.

Aqui em casa eu comprei aqueles baldes enormes e coloquei o pacote dentro. O balde deve vir com tampa. Não aconselho colocar a ração dentro, e sim o pacote. Você pode também comprar um porta-ração. Você vai encontrar de vários tamanhos.

Ao retirar a comida para o cachorro, fecho bem o pacote com um predendor de roupa e tampo o balde, que fica em um local exatamente como o veterinário indicou.

É muito bom tomar esses cuidados. Com certeza, ao fazer isso, você evita que por acidente moscas e mariposas entrem no pacote e deposite ovos, que se transformam em larvas. Sem contar que esses cuidados também impedem o aparecimento de outros insetos.

Ainda sobre “onde” armazenar a ração, locais como chão da cozinha ou lavanderia não são recomendados. O motivo é que esses locais são úmidos, podendo mofar o produto.

Quanto a manter a ração exposta – às vezes a pessoa esquecer de fechar ou algo parecido – muito cuidado, pois ela também pode oxidar e perder o valor nutricional.

Geralmente, ela oxida ao ficar exposta ao calor e ao sol. Quando isso acontece, além de alterar o odor do produto – que fica com cheiro muito forte -, a ração muda de cor, ficando até mesmo esbranquiçada.

O que fazer ao encontrar larvas na ração do seu dog?

Entre em contato com o fabricante. No meu caso, conversei com o Pet Shop onde adquiri o produto e eles me passaram todas as orientações, que foram:

  • Acessar o site do fabricante da ração;
  • Buscar o formulário de contato (pode ser que no site do fabricante da ração em questões tenha até páginas específicas para tratar esse tipo de questões);
  • Siga as orientações contidas no site para esse tipo de situação.

O que aconteceu comigo? Entrei em contato com o fabricante pelo site. Eles me pediram informações como número do lote, data de validade da ração – todas informações disponíveis no próprio pacote da ração.

Fui orientada pelo Pet Shop que o fabricante faria a troca caso ainda tivesse pelo menos 75% de ração no pacote. No meu caso, era um de 15kg.

Deu tudo certo! O fabricante me enviou um código após analisar as informações que passei e, com esse código, consegui pegar um pacote novo de ração.

Bom, essas são as dicas que eu tenho para passar por experiência própria. Se você passar por essa situação desagradável – encontrar larvas na raçaõ do seu cachorro -, suspenda imediatamente o uso dela e siga as recomendações acima para troca do produto.

Jamais dê ração oxidada ou com insetos para seu amiguinho. Pode preudicar muito a saúde dele! E se tiver alguma dúvida, deixa um comentário. Será um prazer ajudar!

Aproveite que está aqui no blog e leia também: