Giárdia em cães: sintomas, causas e tratamento

0
(0)

A giardíase, às vezes chamada de “febre do castor”, é uma infecção intestinal causada pelo parasita giárdia. Pode afetar muitos mamíferos, incluindo cães e humanos.

Como mencionado acima, a giárdia é um parasita que pode entrar no intestino do seu cão, mas também nos humanos, o que explicaremos mais adiante. É uma parasitose muito difícil de tratar e com alto pode de reeinfecção.

Existem diferentes formas (trofozoítos e cistos) do parasita, mas ambos podem causar efeitos semelhantes no cachorro. Os cistos podem sobreviver por meses em uma ampla variedade de ambientes diferentes, enquanto outros parasitas morrem no inverno. A giárdia dura e até se desenvolve em climas frios ou úmidos.

Continue acompanhando o texto e saiba mais sobre a giárdia em cães!

Como o cachorro pega giárdia?

O cachorro geralmente pega giária ingerindo o parasita. Normalmente, isso ocorre quando o cão come ou bebe algo que foi contaminado com matéria fecal.

Os descendentes deste parasita são eliminados nas fezes dos animais. O método mais comum de infecção é pela água porque o parasita prefere um ambiente fresco e úmido. 

A giárdia pode sobreviver nessas condições por vários meses. Os cães também podem ser infectados pela ingestão direta de material fecal infectado. A giardíase é mais comum entre os animais jovens e aqueles confinados em grupos, como em canis ou alojamentos.

Depois que o cachorro ingeriu giárdia, os parasitas maduros conhecidos como trofozoítos infectam o intestino delgado. Eles crescem, se multiplicam e são eliminados nas fezes. O que permite que o parasita se espalhe de animal para animal.

Quais são os sintomas da giárdia em cães?

Existem vários sintomas dessa condição que você deve observar em seu cão. Esses incluem:

  • Diarreia grava;
  • Vômito;
  • Perda de peso;
  • Pelagem seca;
  • Desidratação.

    Você pode pensar que pode verificar se há cistos nas fezes de seu cão, mas eles são invisíveis ao olho humano. Se você quiser saber se seu cão tem giárdia, você precisará fazer com que o veterinário examine.

    Alguns cães infectados nunca mostram sinais ou experimentarão espontaneamente sinais de giardíase meses após serem infectados. Filhotes e cães com sistema imunológico enfraquecido podem apresentar reações mais graves à infecção.

    É perigoso?

    Até certo ponto, a giárdia é perigosa para o animal. Qualquer perda repentina de peso deve ser motivo de preocupação. Principalmente se o cão tem um sistema imunológico suprimido. 

    O parasita pode até causar a morte se não for tratado, embora isso seja bastante raro. Na maioria dos casos, o animal terá simplesmente diarréia e/ou vômito. Mas, isso pode levar à desidratação. Em todo caso, você precisará em contato com o seu veterinário e obter o plano de tratamento adequado.

    giárdia em cães

    Como tratar giárdia em cães?

    A primeira ação é sem dúvida levar o animal ao veterinário ao menor sinal de qualquer um dos sintomas apresentados. Meu Pug teve duas vezes, o que pareceu ser uma reinfestação. Na primeira vez ele teve diarreia e na segunda vômito.

    O veterinário vai fazer testes para verificar se seu cão está sofrendo de giárdia e discutir opções de tratamento com você. Normalmente, a melhor forma de tratamento são os medicamentos (antibióticos e/ou antiparasitários), administrados no conforto da sua casa. Com medicamentos adequados, a giárdia pode ser eliminada em duas semanas.

    Os vermífugos Endogard e Drontal são bastante indicados no tratamento da giárdia. Encontre para comprar no botão abaixo, pela Amazon.

    Verificar vermífugo na Amazon

    No entanto, esteja ciente de que ao final do tratamento, você precisará dar ao seu cão um bom e completo banho para se livrar de quaisquer cistos que possam estar no pêlo dele. Preste atenção especial às patas traseiras do animal, pois é aqui que os cistos são mais facilmente encontrados.

    Quaisquer brinquedos, móveis e carpetes com os quais eles possam ter contato também devem ser limpos para garantir que não haja cistos em casa. 

    Embora as superfícies possam ser limpas com água sanitária, o carpete deve ser limpo a vapor e todos os brinquedos devem ser mergulhados em água fervente. 

    Lembre-se de que esse parasita é muito difícil de matar e PODE afetar humanos.

    Quem corre risco?

    Qualquer cão pode pegar giárdia pela água ou pela comida infectada. Filhotes e cães mais velhos ou cães com sistema imunológico fraco correm mais risco do que outros. 

    Você também precisa estar ciente de que se seu cão tiver giárdia, ela pode se espalhar para outro animal de estimação em sua casa. Embora as infecções entre espécies sejam incomuns, elas podem acontecer. É por isso que você precisa ter cuidado ao manusear as fezes do seu cão e lavar bem as mãos.

    Como evitar a giárdia em caes?

    Embora a condição não seja tipicamente fatal, pode causar um desconforto incrível para o cão. Como tal, você precisa evitá-lo sempre que possível. 

    Antes de levar o cachorro para passear, certifique-se de que bebeu bastante água e/ou considere trazer água de casa para beber. 

    Fique de olho no seu cão enquanto ele estiver fora, certificando-se de que ele não coma nada do chão, treinando-o para deixar a comida que encontrar no chão sozinho.

    Por último, certifique-se de coletar as fezes do seu cão assim que elas saírem e evite áreas onde possa haver grandes quantidades de fezes. Um exemplo disso seria um parque para cães. Eles podem ser um terreno fértil para a giárdia.

    Agora que você já sabe o que é a giárdia em cães e como ela se manifesta, compartilhe este artigo com outros donos de cachorro e ajude-os a se prevenir!

    O que você achou do artigo?

    Clique nas estrelas

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

    Compartilhe esta postagem:
    0Shares

    Deixe um comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.